Postagens

É PRECISO DAR UM NOME AO QUE ESTÁ ACONTECENDO NO BRASIL. ISTO SE CHAMA « FASCISMO ».

Imagem
O Fascismo repousa sobre o seu « caráter de massa ». Este é elo indispensável ao ciclo político sobre o qual se impõe. A crise política lança sobre a burguesia um sentimento de perigo. É mais uma ferramenta do fascismo buscando um argumento para convencer a massa de que as « mudanças » do sistema são necessárias. Desta mesma forma fizeram o stalinismo soviético, o fascismo italiano e como se pode imaginar, fez também o nazismo alemão.
O FASCISMO DO SÉCULO XXI.
Á partir do inicio do século XX, quando se estabeleceram as bases para a revolução operária russa, a Itália via ganhar volume a figura do fascismo, movimento ligado á burguesia com ampla base de apoio popular. A relação promíscua das instituições com o grande capital já era revelada no início do seculo XX, segundo os escritos de Léon Trotsky. Ele, que foi uma figura emblemática do movimento revolucionário russo de 1917, em seus textos descrevia os eventos que eram à época de grande semelhança aos que ocorrem hoje na luta de class…

Só de ver os seus olhos...

Eu sou, definitivamente, o homem mais feliz ao ver os seus olhos.
O seu sorriso me encanta mais do que qualquer fortuna que a vida tenha me ofertado.
Eu quero só essa sensação de bem estar, de passar horas navegando por toda parte, parado na mesma fotografia.
Quando a vida for boa, eu terei vc por perto, só pra olhar nos olhos e enxergar as cores que não existem.
Ter na memória todas aquelas músicas e melodias que ja não se fazem mais.
Relembrar as memórias da pele.
Quando a vida for boa.


Os fugitivos do calvário.

Sozinho se nasce, se morre, "sozinho" também se ressuscita. As famílias se reúnem para celebrar o "renascimento" daquele que partiu sozinho para buscar o perdão aos pecados do próximo. O perdão aos pecados dos "não pecadores" e o perdão do próprio pecado encarnado na esperança de uma raça humana guiada por "valores" que como num balé cíclico, se deturpam e instrumentalizam nas mãos dos próprios "algozes", "crucificadores". As cruzes foram postas, mas, os "covardes" fugiram do calvário. Esconderam-se nas casas do povo e viram no "ofício de fazer cruzes" uma forma de lucrar com os próprios pecados. É isto, está revelado, os senhores não dominam a economia, nem a política, os senhores dominam as "oficinas de cruzes". Dominam os corredores sujos dos "matadouros", mas o gado que executam são seus "semelhantes" desesperados pela dor e desespero que os impõem vós, "fugitivos do …

Recado

Filha, tentei falar com vc hj!

Ando preocupado!
Gostaria muito que vc desse um jeito de falar comigo.
Precisamos conversar e isto é URGENTE.
Te amo.
Seu pai.

P.S.: Não se preocupe. Esta tudo sendo registrado desde 2007. ;) No futuro vc vai conhecer toda a verdade, nua e crua, como num "filme". Vc saberá exatamente o que aconteceu, quando e quem fez o que. ;)
Te amo.

Letter

Foi amigo, mas, foi algoz. Companheiro, mas, egoistamente caprichoso. Sinto não poder comunicar numa linguagem apropriada para que possamos nos entender em todos os sentidos, mas veja, já não nos entendemos mais em tatos outros.

Como disse, carrego sentimentos de amizade e respeito. tento ser impessoal, assim protejo a mim e a você. Respeito a sua luta e os valores que parece carregar.  Ha um ponto fora desta curva que desvia o meu olhar. Tenho antes um dever maior em corrigi-lo do que perdoa-lo. Pode parecer audacioso, mas, lembre-se que somos feitos da mesma carne e do mesmo sangue, com exceção de que o meu sangue é latino e só eu sei o que isto quer dizer. Estaremos juntos no ano que vem, mesmo se estivermos de lados contrários do campo de jogo, devemos beber e confraternizar ao fim das partidas, porque bem lhe quero e bem continuarei lhe querendo.

Leia a letra do "quereres" e tente entender a ambiguidade que representa ser latino americano.
Seja bem vindo ao meu mundo, se…

Vê aquele homem?

Vê aquele homem?
É o homem mais triste que ja tentou segurar uma democracia! :(

1 voto

A firmeza lhe cai muito melhor! ;)
Vc me enganaria? Com certeza, não é!
Boa noite!